Workshop Coimbra

Finalmente algum tempo livre para escrever um post intimista. Ora aqui vai:

Neste sábado participei em mais uma edição do Workshop on Applications and Generalizations of Complex Analysis (a 10ª ) que teve lugar no Centro Internacional de Matemática em Coimbra(CIM).
Posso dizer que no sábado o meu dia “começou” bem cedo, pois foi às 2h30m que acabei de preparar os meus slides.
Depois de uma breve passagem pelo vale dos lençóis, despertei, tomei o pequeno almoço e fiz-me à estrada a caminho de Coimbra. Pelo caminho, tive ainda de ir buscar com o meu carro alguns dos alunos Alemães que se encontram a participar no curso intensivo.
O Workshop começou por volta das 9h45min, com a sessão de abertura presidida pelo presidente do CIM, o Professor Doutor José Miguel Urbano.
Depois da sessão de abertura, deu-se início a um longo ciclo de palestras (foram só 13! ) que começou com o Professor Doutor
Richard Delanghe (Universidade Ghent, Bélgica) seguida pela palestra do aluno de Doutoramento Bram De Knock. Depois destas duas interessantes palestras, chegou a hora do tão ansiado coffee break matinal, onde me fartei de comer bolinhos (para variar!?).
Seguiram depois mais três palestras, as quais aproveitei dar os últimos retoques nos meus slides. Estava tão compenetrado no que estava a fazer que nem me apercebi que a pessoa que estava sentada ao meu lado foi apresentar.
Esta foi uma palestra mais para cumprir calendário, pois nesta altura a maioria da assistência já estava a pensar qual iria ser a ementa para o almoço.
Depois de um almoço rápido no Restaurante Observatório, eis que chegaram as palestras da parte da tarde:
Eu, por sorte ou azar, era o terceiro da lista e para variar, estava nervoso. No entanto, ao contrário das outras vezes, estava bem acompanhado por um objecto que dá que pensar, e que é constituído por casas brancas e pretas: O meu tabuleiro de xadrez.

Este objecto foi fundamental para criar uma certa empatia com a plateia, ao ponto de alguns alunos começarem a olhar para mim ao ponto de questionarem do porquê de eu ter ido buscar ao carro, este tabuleiro. Outras pessoas, como os Professores Eric Lehman e Richard Delanghe, abordaram-me do porquê de andar de tabuleiro de xadrez no braço. Na altura simplesmente disse que iria utilizar o tabuleiro durante a minha palestra.
E assim foi: Às 15h30min em ponto, lá estava eu a caminhar para a frente da minha plateia de tabuleiro no braço para dar a minha palestra.
Pois se até aqui, ninguém tinha percebido o porquê de utilizar um tabuleiro de xadrez numa palestra, eis que a justificação apareceu nos meus primeiros slides que podem ver abaixo.



Resumindo, a minha ideia consistiu em descrever funções numa malha como sendo funções que vivem em num determinado grafo bipartido em que as cores preto e branco simbolizam os conjuntos de vértices disjuntos e os lados simbolizam as arestas que ligam vértices pretos a vértices brancos. No caso do tabuleiro de xadrez, as nossas arestas podem ser identificadas pela face em comum entre casas pretas e casas brancas.
De facto, esta ideia de material um objecto abstracto num objecto palpável, como um tabuleiro de xadrez, foi fundamental para explicar à assistência, a combinatória do problema (parte deles nem tinham bem a noção concreta de um grafo) ao ponto de ter feito feliz grande parte da assistência (pois não os maçei com definições abstractas e essencialmente chatas ).
Quando terminei, fui presenteado por um bom lote de questões, o que me fez sentir que tinha cumprido o objectivo principal para esta palestra : Despertar o interesse da assistência para este tipo de problemas. (Em geral, diz-se que quando ninguém faz questões, é porque o tópico a ser tratado é trivial ou não tem qualquer interesse).
Depois da minha palestra, deu-se lugar a uma outra palestra, a qual para variar, desliguei por completo. Estava na altura sentado ao lado do professor
Eric Lehman a responder a algumas das dúvidas que ele me colocou à posteriori, às quais respondi com alguns movimentos orquestrados por peças no tabuleiro de xadrez.
Não sei se ele entendeu tudo o que lhe expliquei. Apenas sei que arranjei um grande amigo! Só para terem uma pequena ideia,
chegámos a um ponto que deixámos a matemática de lado por uns instantes e começámos a trocar impressões sobre champanhe e vinhos Portugueses/ Franceses e a mascar drageias para passar o tempo.
Chegou então a hora do coffee break vespertino. No entanto, ao contrário do coffee break matinal, não tive tempo para comer bolinhos, pois fui bombardeado durante estes 15 minutos de pausa com mais uma bateria de questões.
Desta vez, foram alguns alunos da universidade de Ghent que me vieram pedir que lhes enviasse os meus slides por mail e alguma bibliografia adicional. Depois de me ter esquivado por breves instantes para pegar um sumo e um café, o Professor Richard Delanghe veio felicitar-me pela minha palestra, ao ponto de me dizer que um dos livros que mencionei durante a minha palestra, foi um dos livros que ele também utilizou enquanto estudante de Doutoramento. Neste caso, caí nas graças deste Senhor Professor (um senhor de facto!).
Depois deste último coffee break, pouco mais se passou. No meu caso, apenas fui assistir às restantes palestras por uma questão de respeito por todos aqueles que se estiveram a assistir à minha (Foram só mais 4! Fogo!).
Depois do workshop ter terminado por volta das 18h45min, peguei no meu carro e decidi ir passar o fim de semana com os meus pais.

Em suma, este workshop foi produtivo mas deveras desgastante. Foram por volta de 8h que passei em Coimbra fechado numa sala, quando lá fora estava um sol de fazer inveja. Mas valeu a pena o tempo dispendido ; -)

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s