Judas

Há dias atrás li um artigo sobre a passagem dos Marilyn Manson por Portugal que me deixou deveras preocupado. Ao que parece o senhor Brian Warner (vulgo Marilyn Manson) estimula assassínios em série, canibalismo e o satanismo.

Segundo a reportagem que li, estes senhores não são os únicos: Bandas como Judas Priest, KDFDM e e AC/DC ao que parece também vão pelo mesmo.

Já me estou a imaginar como seria trair o meu melhor amigo, tal como Judas fez com Jesus Cristo, ao som de Judas rising (Judas Priest) ou até mesmo a cometer um assassínio em série ao som de The Night Stalker (AC/DC) seguido de Painkiller (Judas Priest) .

Pensando melhor, se calhar vou fazer algo com mais pompa e circunstância: Que acham se tal como o Napoleão ou Hitler fizeram, decidir invadir os outros países ao som de Conquer you World (KMFDM) e passar ao extermínio em massa de populações ao som de Sunday Bloody Sunday (também dos KMFDM)?

Mas esperem lá!!! Os KMFDM fizeram uma cover Sunday Bloody Sunday é um original dos U2. Por esta lógica, os U2 também promovem a violência! E eu que até simpatizo com as causas nobres que o senhor Bono Vox defende. Será que ele nos andou a enganar todos estes anos?

 

Mais grave ainda foi descobri que os Marilyn Manson fizeram esta cover do Personal Jesus dos Depeche Mode .

Já não bastava os U2 estimularem a violência. Agora os Depeche Mode, a minha banda de eleição? Estou desiludido pah ! Apre!!!!

Falando agora a sério, pois aquilo que acabei de escrever atrás não tem piada nenhuma.

Muito recentemente, o jovem finlandês Pekka-Eric Auvinen matou oito colegas seus (inspirado numa canção dos KMFDM). Mas agora digam-me lá? Serão eles os autores morais deste acto sanguinário? Evidentemente NÃO!

Se assim o fosse, também o profeta Maomé, Deus do Islão, seria o autor moral de todos os actos bombistas que frequentemente acontecem em Israel ou até mesmo no Iraque.

Tal como os cineastas, os músicos ao comporem as suas letras, não o fazem apenas para falar das noites tórridas de amor iluminadas pelo luar ou pelo par de palitos que um certo gajo totó levou da sua gaja. Também a usam para chamar a atenção de problemas sociais e/ou tragédias que abalaram o mundo.

Lembram-se do caso verídico de canibalismo que chocou a Alemanha em 2003? Curiosamente esta foi a temática central do álbum Reise Reise dos Rammstein. A canção directamente ligada ao caso dava pelo nome de Mein Teil e retratava um diálogo imaginário entre o homem que matou e comeu outro com o seu consentimento.

“Às vezes a realidade consegue superar qualquer ficção…”, disse uma vez Oliver Riedel, baixista dos Rammstein.

Já que falamos de ficção, uma das bandas sonoras do filme “Dolls” do realizador japonês Takeshi Kitano é a música Judas do álbum Songs Of Faith And Devotion (1993) dos Depeche Mode que tem a seguinte letra:

 

Is simplicity best
Or simply the easiest
The narrowest path
Is always the holiest
So walk on barefoot for me
Suffer some misery
If you want my love
If you want my love

Man will survive
The harshest conditions
And stay alive
Through difficult decisions
So make up your mind for me
Walk the line for me
If you want my love
If you want my love

 

Idle talk
And hollow promises
Cheating Judases
Doubting Thomases
Don’t just stand there and shout it
Do something about it

 

You can fulfill
Your wildest ambitions
And I’m sure you will
Lose your inhibitions
So open yourself for me
Risk your health for me
If you want my love
If you want my love
If you want my love
If you want my love

Como podem reparar neste vídeo, Martin Gore canta esta música de tal modo que mais parece uma daquelas baladas românticas daqueles cantores ligeiros todos pipis. No entanto, o Martin quando escreveu esta letra, a banda estava a passar por um período bastante conturbado que provocou a saída do Alan Wilder (o senhor Recoil) e uma tentativa de suicído por parte de Dave Gahan.
Agora reparem como Takeshi Kitano utilizou o talento e “a desgraça” profanadas nesta como roupagem para algumas cenas do seu filme “Dolls”.

Primeira versão: (Mais soft)

Final alternativo (Mais negro)

Pensem nisto sff!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s