The British Dream

 

 

Como todos já devem saber, irei no próximo mês defender a minha Tese de Doutoramento e escusado será dizer que estão desde já convidados. No entanto penso que ainda não vos tinha falado muito sobre aquilo a que se pode chamar The British Dream.

Ora bem: Após a minha visita científica à Universidade de Leeds em Março 2008, a ideia de fazer um Post-Doc no Reino Unido começou a ganhar contornos muito por culpa do senhor Vladimir V. Kisil (por acaso ele vai ser um dos arguentes da minha defesa) que me desafiou a uma mudança radical de ares (de Aveiro para Leeds ) e de área (mudar da Matemática Aplicada para a Matemática Pura ).

A preparação do plano de trabalhos começou a ser elaborada durante o verão passado e submetida ao Engineering and Physical Sciences Research Council durante o mês de Setembro. Mais informações sobre o concurso podem ser encontradas no link http://www.epsrc.ac.uk/CMSWeb/Downloads/Calls/PostdoctoralFellowshipsCall2008.pdf

À dias recebi as primeiras avaliações do painel que me dão razões mais que suficientes para festejar, não por ter sido aceite (o processo de selecção ainda está a decorrer) mas pelo feedback positivo.
Convém salientar estão pelo menos 7 bolsas em jogo em Ciências Matemáticas (leia-se na página 1 do link Postdoctoral Fellowships in Mathematical Sciences At least seven Fellowships will be awarded to candidates who can demonstrate excellence and originality in research within the remit of Mathematical Sciences), coisa pouca comparando ao número de Bolsas que a FCT (a minha antiga bolsa) costuma atribuir todos os anos na área da Matemática.

Se tudo correr bem, por volta do mês de Março irei a uma entrevista a Inglaterra para a selecção final com viagem e estadia pagas pelo Research Council. Os mais optimistas vão com certeza dar-me os parabéns ao par que os pessimistas irão chamar-me de convencido e dizer que ando a sonhar alto demais.

Independentemente do vosso feedback, permitam que vos diga desde já o seguinte:

Já foi muito bom ter chegado até aqui e mesmo que não venha a ganhar a bolsa, a avaliação por si dá motivos mais que suficientes para não desistir desta vidinha.

Moral da História: O sucesso e o fracasso são duas faces da mesma moeda.

 

PS: Brevemente este espaço vai ser “encerrado”.  Mudanças serão anunciadas para breve.

One thought on “The British Dream

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s